Novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa


Por Frank Herles Matos *

O Novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa é um tratado internacional assinado em 16 de dezembro de 1990, em Lisboa,  por representantes oficiais de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal e São Tomé e Príncipe, com a presença de uma delegação de Galiza. Em 2004, depois de sua independência, Timor Leste aderiu ao acordo.

Esse acordo é resultado de negociações iniciadas em 1980 entre a Academia de Ciências de Lisboa e a Academia Brasileira de Letras. Mesmo com 10 anos de negociações, estudos, pesquisas e troca de informações o texto final do acordo, como era esperado, não obteve concenso.

Abaixo, um resumo com as principais mudanças no idioma português, resultantes desse acordo.

Sugerimos aos profissionais e amentes da língua portuguesa que consulte as fontes ao final deste conteúdo – e/ou outras que julgarem convenientes – para melhores e mais detalhadas informações.

Alfabeto

Nova Regra

Antiga Regra

Como será

O alfabeto português agora é formado por 26 letras

As letras “k“, “w” e “y” foram incorporadas ao nosso alfabeto.

Essas letras serão usadas em siglas, símbolos, nomes próprios, palavras estrangeiras e seus derivados. Exemplos: km, watt, Byron, byroniano

Trema

Nova Regra

Antiga Regra

Como será

Não existe mais o trema em língua portuguesa. Apenas em casos de nomes próprios e seus derivados, por exemplo: Müller, mülleriano

agüentar, conseqüência, cinqüenta, qüinqüênio, frqüência, freqüente, eloqüência, eloqüente, argüição, delinqüir, pingüim, tranqüilo, lingüiça

aguentar, consequência, cinquenta, quinquênio, frequência, frequente, eloquência, eloquente, arguição, delinquir, pinguim, tranquilo, linguiça.

Acentuação

Nova Regra

Antiga Regra

Como será

Ditongos abertos (ei, oi) não são mais acentuados em palavras paroxítonas

assembléia, platéia, idéia, colméia, boléia, panacéia, Coréia, hebréia, bóia, paranóia, jibóia, apóio, heróico, paranóico

assembleia, plateia, ideia, colmeia, boleia, panaceia, Coreia, hebreia, boia, paranoia, jiboia, apoio, heroico, paranoico

Observações

1. Nos ditongos abertos de palavras oxítonas e monossílabas o acento continua: herói, constrói, dói, anéis, papéis.

2. O acento no ditongo aberto “eu” continua: chapéu, véu, céu, ilhéu.

Hiatos

Nova Regra

Antiga Regra

Como será

O hiato “oo” não é mais acentuado

enjôo, vôo, corôo, perdôo, côo, môo, abençôo, povôo

enjoo, voo, coroo, perdoo, coo, moo, abençoo, povoo

O hiato “ee” não é mais acentuado

crêem, dêem, lêem, vêem, descrêem, relêem, revêem

creem, deem, leem, veem, descreem, releem, reveem

Acento Diferencial

Nova Regra

Antiga Regra

Como será

Não existe mais o acento diferencial em palavras homógrafas

pára (verbo), péla (substantivo e verbo), pêlo (substantivo), pêra (substantivo), péra (substantivo) pólo (substantivo)…

para (verbo), pela (substantivo e verbo), pelo (substantivo), pera (substantivo), pera (substantivo), polo (substantivo)

Obs: o acento diferencial ainda permanece no verbo “poder” (3ª pessoa do Pretérito Perfeito do Indicativo – “pôde”) e no verbo “pôr” para diferenciar da preposição “por”

Formas Verbais Rizotânicas

Nova Regra

Antiga Regra

Como será

Não se acentua mais a letra “u” nas formas verbais rizotônicas, quando precedido de “g” ou “q” e antes de “e” ou “i” (gue, que, gui, qui)

argúi, apazigúe, averigúe, enxagúe, enxagúemos, obliqúe

argui, apazigue,averigue, enxague, ensaguemos, oblique

Não se acentua mais “i” e “u” tônicos em paroxítonas quando precedidos de ditongo

baiúca, boiúna, cheiínho, saiínha, feiúra, feiúme

baiuca, boiuna, cheiinho, saiinha, feiura, feiume

Hifen -1

Nova Regra

Antiga Regra

Como será

O hífen não é mais utilizado em palavras formadas de prefixos (ou falsos prefixos) terminados em vogal + palavras iniciadas por “r” ou “s”, sendo que essas devem ser dobradas

ante-sala, ante-sacristia, auto-retrato, anti-social, anti-rugas, arqui-romântico, arqui-rivalidae, auto-regulamentação, auto-sugestão, contra-senso, contra-regra, contra-senha, extra-regimento, extra-sístole, extra-seco, anti-semita, infra-som, ultra-sonografia, semi-real, semi-sintético, supra-renal, supra-sensível

antessala, antessacristia, autorretrato, antissocial, antirrugas, arquirromântico, arquirrivalidade, autorregulamentação, contrassenha, extrarregimento, extrassístole, extrasseco, antisemita, infrassom, inrarrenal, ultrarromântico, ultrassonografia, suprarrenal, suprassensível

Obs: em prefixos terminados por “r”, permanece o hífen se a palavra seguinte for iniciada pela mesma letra: hiper-realista, hiper-requintado, hiper-requisitado, inter-racial, inter-regional, inter-relação, super-racional, super-realista, super-resistente etc.

Hifen -2

Nova Regra

Antiga Regra

Como será

O hífen não é mais utilizado em palavras formadas de prefixos (ou falsos prefixos) terminados em vogal + palavras iniciadas por outra vogal

auto-afirmação, auto-ajuda, auto-aprendizagem, auto-escola, auto-estrada, auto-instrução, contra-exemplo, contra-indicação, contra-ordem, extra-escolar, extra-oficial, infra-estrutura, intra-ocular, intra-uterino, neo-expressionista, neo-imperialista, semi-aberto, semi-árido, semi-automático, semi-embriagado, semi-obscuridade, supra-ocular, ultra-elevado

autoafirmação, autoajuda, autoaprendizabem, autoescola, autoestrada, autoinstrução, contraexemplo, contraindicação, contraordem, extraescolar, extraoficial, infraestrutura, intraocular, intrauterino, neoexpressionista, neoimperialista, semiaberto, semiautomático, semiárido, semiembriagado, semiobscuridade, supraocular, ultraelevado.

observações

1. Esta nova regra vai uniformizar algumas exceções já existentes antes: antiaéreo, antiamericano, socioeconômico etc.

2. esta regra não se aplica quando a palavra seguinte iniciar por “h”: anti-herói, anti-higiênico, extra-humano, semi-herbáceo etc.

Hifen -3

Nova Regra

Antiga Regra

Como será

Agora utiliza-se hífen quando a palavra é formada por um prefixo (ou falso prefixo) terminado em vogal + palavra iniciada pela mesma vogal.

antiibérico, antiinflamatório, antiinflacionário, antiimperialista, arquiinimigo, arquiirmandade, microondas, microônibus, microorgânico

anti-ibérico, anti-inflamatório, anti-inflacionário, anti-imperialista, arqui-inimigo, arqui-irmandade, micro-ondas, micro-ônibus, micro-orgânico

observações

1. Esta regra foi alterada por conta da regra anterior: prefixo termina com vogal + palavra inicia com vogal diferente = não tem hífen; prefixo termina com vogal + palavra inicia com mesma vogal = com hífen

2. Uma exceção é o prefixo “co”. Mesmo se a outra palavra inicia-se com a vogal “o”, NÃO utliza-se hífen.

Hifen -4

Nova Regra

Antiga Regra

Como será

Não usamos mais hífen em compostos que, pelo uso, perdeu-se a noção de composição

manda-chuva, pára-quedas, pára-quedista, pára-lama, pára-brisa, pára-choque, pára-vento

mandachuva, paraquedas, paraquedista, paralama, parabrisa, pára-choque, paravento

observações

1. o uso do hífen permanece em palavras compostas que não contêm elemento de ligação e constiui unidade sintagmática e semântica, mantendo o acento próprio, bem como naquelas que designam espécies botânicas e zoológicas: ano-luz, azul-escuro, médico-cirurgião, conta-gotas, guarda-chuva, segunda-feira, tenente-coronel, beija-flor, couve-flor, erva-doce, mal-me-quer, bem-te-vi etc.

Hifen – 5 – Observações Gerais “A”

O uso do Hifen permanece

Exemplos

Em palavras formadas por prefixos “ex”, “vice”, “soto”

ex-marido, vice-presidente, soto-mestre

Em palavras formadas por prefixos “circum” e “pan” + palavras iniciadas em vogal, M ou N

pan-americano, circum-navegação

Em palavras formadas com prefixos “pré”, “pró” e “pós” + palavras que tem significado próprio

pré-natal, pró-desarmamento, pós-graduação

Em palavras formadas pelas palavras “além”, “aquém”, “recém”, “sem”

além-mar, além-fronteiras, aquém-oceano, recém-nascidos, recém-casados, sem-número, sem-teto


Hifen – 6 – Observações Gerais “B”

Não existe mais Hifen

Exemplos

Exceções

Em locuções de qualquer tipo (substantivas, adjetivas, pronominais, verbais, adverbiais, prepositivas ou conjuncionais)

cão de guarda, fim de semana, café com leite, pão de mel, sala de jantar, cartão de visita, cor de vinho, à vontade, abaixo de, acerca de etc.

água-de-colônia, arco-da-velha, cor-de-rosa, mais-que-perfeito, pé-de-meia, ao-deus-dará, à queima-roupa


Fontes

1. CPLP – Comunidade dos Países da Língua Portuguesa

2. Priberan

3. PLP – Portal da Língua Portuguesa

4. Pro Web PT – Tudo sobre o novo acordo ortográfico

5. Wikepédia

6. Jornal Independente – de Canhanhede, Portugal

This entry was posted in Education & Culture and tagged , , , , , , , . Bookmark the permalink.

21 Responses to Novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa

  1. Pingback: millermaike no diHITT

  2. Paulo Roberto says:

    Gostaria de saber a fonte de origem da informação, Obrigado!

  3. frankherles says:

    Paulo
    Oportuna e bem vinda tua solicitação. Obrigado.
    O texto agora está atualizada, com as fontes que utilizamos para produzi-lo.

  4. fabiana says:

    Obrigada por resumo tão bem elaboradoç Certamente de utilidade para todos que usam o portuguêrs diariamente.

  5. fabiana says:

    Ah! As fontes não só confirmam o conteudo como demosntram que o resumo foi muito bem elaborado. Parabéns….

  6. Trabalho bem elaborado, racional e conciso, com informações objetivas e claras sobre o tema. O comparativo “Nova Regra”, “Antiga Regra” e “Como será” é bastante didático e facilita a assimilação das alterações impostas pelo acordo. Meus efusivos cumprimentos!

  7. Irvana says:

    acordo

  8. isabella ferreira dias says:

    eu acho esse acordo horrivel..!!

  9. fernanada says:

    adorei as novas regras

  10. raimunda says:

    odeio vcs seus bando de burros

  11. aline says:

    adorei o novo acordo!!!!

  12. lili says:

    olla galera!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  13. miriam says:

    não gostei….

  14. Fernanda says:

    eu queria saber quais são os objetivos do governo e o que essa reforma possibilitará?

  15. Fernanda says:

    Eu queria saber quais são as expectativas do governo e o que essa reforma possibilitará?

  16. leticia says:

    eu nao gostei muito vai confundir acabeça de todo mundo

  17. Carritilha Emílio says:

    Relativo ao curso de Portugues, ja esta atualizado?

  18. rafaela says:

    ameii esse resumoo copieii pra um trabalhoo, os professores gostaram muitooh vcs estao deh parabens , só q teem um erro elii , teeem algumas partes q ñ da pra enxerga ,elas estao cortadas , esse foii um vasilo em .. mais tudooh beem né, errar é humanoo

  19. Renata says:

    Nossa muito útil esse resumo.
    Me ajudou bastante!

  20. WelisonLuis says:

    Adorei.Me ajudou muito agora poderei tirá uma boa nota em portugues.

  21. Marcilio says:

    Quria,saber os maleficios,e beneficios do novo acordo?

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s