Embaixadas e Consulados Brasileiros no Mundo


Por Frank Herles Matos

Independente de governo, cabe às embaixadas, consulados e outras representações diplomáticas do Brasil no exterior, não só representar os interesses públicos e privados do país que representam como prestar vários serviços aos brasileiros que residem ou estejam em trânsito no exterior.

Serviços prestados ao público

a) Atos Notoriais: Atestados de vida, casamentos, nascimentos, óbitos e procurações.

b) Legalizações: Atualizações de documentos, legalizações de plantas e animais domésticos, autorizações de viagens, documentos escolares.

c) Matrícula Consular: É uma espécie de identidade emitida pelos consulados. Tem foto, nome, data de nascimento e assinatura do portador(a). Possui validade de 2 anos e é em português e inglês.

d) Passaportes: Para cidadãos brasileiros.

e) Vistos: Para cidadãos estrangeiros entrarem no Brasil.

f) Outros Serviços: Alfândega, alistamento militar, atestado de residência, consulado intinerante, perda de nacionalidade.

Importante

1. A maioria das embaixadas e todos consulados e vice-consulados brasileiros estão habilitados para atender – à qualquer hora do dia ou da noite – casos de comprovada emergência que envolva cidadãos brasileiros.

2. Com exceção de casos de comprovada emergência, antes de ir à embaixada ou consulado mais próximo de sua residência, telefone para saber quais documentos deverá levar para ser adequadamente atendido.

3. Geralmente o atendimento ao público é feitos pelos consulados e vice-consulados. As embaixadas cuidam de assuntos políticos e econômicos de interesses maiores, exceções em casos especiais.

4. Em casos de comprovado mal atendimento, excesso de burocracia ou outros assuntos mais graves, documente os fatos e denuncie.

O Mudo em sua mãos

Através desta página você poderá acessar, via internet, a maioria das embaixadas e consulados brasileiros. Basta cliquar sobre a região do planeta onde localiza-se o país e a representação diplomática que deseja entrar em contato.

Mesmo se alguma embaixado ou consulado não possuir site ou sistema de correspondência via e-mail, você poderá fazer contato por telefone, fax ou mesmo pessoalmente, se estiver próximo da área e se for necessário.

Boa sorte…

Clik sobre a Região onde localiza-se o país

África

Ásia

América Central

América do Norte

América do Sul

Europa

Oceania

Oriente Médio

Veja também:

Competências das Embaixadas e Consulados

Brasileiros no Mundo

Dicas Importantes para imigrantes

Consequências da Imigração Ilegal

This entry was posted in Immigration and tagged , , , , . Bookmark the permalink.

148 Responses to Embaixadas e Consulados Brasileiros no Mundo

  1. CRISTIANE says:

    BOA NOITE,EU ESTOU COM UM PROBLEMA E GOSTARIA QUE VCS PUDESSE ME AJUDAR.EU TENHO DOIS FILHOS COM UM BRASILEIRO QUE FOI PARA OS E.U.A E ME DEICHOU COM ESTAS DUAS CRIANÇAS AQUI.SEM SE QUER ME AJUDAR A CRIAR E SEM ME AJUDAR SEM PENSÃO E SEM NADA,MEUS FILHOS E EU PASSAM NECESSIDADES PQ O PAI NAO MANDA NEMHUM TIPO DE PENSÃO ALIMENTICIA.E NEM SE QUER LIGA PARA SABER COMO ESTAO OS SEUS FILHOS.A SUA FAMILIA NAO ME INFORMAM ONDE DEVO PROCURAR.E NEM ME AJUDAM.ELE FOI ILEGAL PARA OS E.U.A JA FAZ 5 ANOS E MEUS FILHOS SOFREM MUITO COM ISSO.O MAIS VELHO FAZ ATE TRATAMENTO COM PISSICOLOGO.PELO AMOR DE DEUS ME AJUDE NAO SEI MAIS O QUE FAZER AJUDE UMA MAE DESESPERADA EM VER SEUS FILHOS PASSANDO NECESSIDADE E NAO PODER FAZER NADA PELOS SEUS FILHOS.MUITO OBRIGADO E ESPERO RESPOSTA

    CRISTIANE

  2. frankherles says:

    Cristiane

    Existem entidades públicas e privadas aqui que cuidam de questões como a tua, mas suas jurisdições são estaduais. Por isto me passe o Estado onde o pai de teus filhos mora. Em seguida lhe enviarei telefones da(s) entidades acima referidas.
    Não será um processo rápido, pois precisará enviar documentos das crianças comprovando paternidade e outras que se fizerem necessárias
    Seria melhor entrar em contato com ele, avisando-lhe que entrará com queixa contra ele, na justiça americana, através das entidades representativas. Ele certamente encontrará uma solução, pois se for para a corte (forum), como é ilegal, também será deportado.
    Pense bem na situação e tante encontrar uma solução negociada com ele para o problema que apresentou.

  3. antonio says:

    Me alistei no exército brasileiro e eles mandaram eu me apresentar aqui no Rio de Janeiro, triagem, no dia 11 de fevereiro de 2008, mas nessa época estarei em Aspen, EUA. Gostaria de saber se é possível me apresentar no consulado mais próximo da minha localização nos Estados Unidos já que não estarei no Brasil na data marcada. Obrigado pela atenção e por favor me responda mais rápido possível.

  4. frankherles says:

    Antonio
    Entrei em contato com o Consulado brasileiro aqui em Boston a respeito dessa questão, mas até o momento não recebi retorno – a funcionário que me atendeu tinha dúvidas, ficou de se informar melhor e retornar.
    Em todo caso, baseado em casos similares, convocados que não estão no território nacional se apresentam em alguma representação diplomática do Brasil no exterior ANTES da data marcada para se apresentar do Brasil: se for por questões de saúde (tratamento, cirurgias, etc) é marcado outra data para apresentação; se for por motivos de turismo, é remarcada a apresentação para outra data e a pessoa pagará uma multa; se for que questão de imigração, geralmente a pessoa paga uma pequena multa e é simplesmente dispensado. Observando que isso não são informações oficiais, e sim narração de fatos similares já ocorridos.
    Em todo caso, se ainda está no Brasil e o motivo de sua viagem é para tratamento de saúde ou turismo, entre em contato com o órgão em que se alistou, comprove que não estará no Brasil na data de apresentação e solicite transferência de data. Se teu motivo for imigração, então se apresente em algum consulado brasileiro aqui nos Estados Unidos com pelo menos uma semana antes da data marcada para sua apresentação.
    Boa sorte.

  5. Priscila says:

    Oi
    1 Tenho visto de turista e meus irmaos tao estudando aqui nos EUA, queria saber se posso mudar o visto aqui mesmo por um outro tipo de visto de esstudante ou de trabalho e qual deveria ser o procedimento?!
    2 Tenho meu social security mas e de estudante. Estudei aqui 2006 posso aproveitar esse social.
    3 Em Oklahoma onde poderia trabalhar sem o visto de trabalho?!Estando legal!!
    Obrigada

  6. frankherles says:

    Hi Priscila
    1 – Você pode trocar o tipo de visto aqui mesmo nos Estados Unidos. No entanto, para fazer isso você deve se enquadrar nas Lei que regula essas essas mudanças nos tipos de visto. a) Studant Visa – você já deverá está matriculada em alguma instituição de ensino aqui nos Estados Unidos e documento (que serão checados) de uma fonte mantenedora (família, companhia, etc) que lhe garanta uma renda mínima de U$10 mil/ano.
    Nota – Com o visto de estudante vc pode trabalhar legal até 20 horas/semana.
    b) Work Visa – geralmente esses processos são feitas pelas próprias companhias – seja beneficiando funcionários que moram aqui ou no exterior – que, não encontrado no mercado local pessoas para preencher certas posições, solicitam dos governo autorizações para contratar mão-de-obra estrangeira.
    Nota – Com o visto de trabalho, vc trabalhará legal na companhia que lhe apadrinhou. Qualquer trabalho que realizar fora dessa companhia é considerado ilegal pela Lei.
    Sugestões finais:
    a)Não tome nenhuma decisão baseada somente no resumo acima.
    b)Se já estiver na América e, se enquadrar nos procedimentos acima resumidos, contrate um advogado de imigração para montar e encaminhar seu processo.

    2 – Sim. Os números dos Sociais (se verddeiros) são definitivos.

    3 – Se não possuir visto de trabalho ou de estudante vc poderá trabalhar em diversas áreas, mas de forma ilegal (normalmente em serviços de limpesa, cuidar de crianças, construção, comércio, etc), como atualmente ocorre com mais de 1 milhão de brasileiros que hoje vivem nos EUA. Pelo menos vc poderá tirar a Drive Licence – com seu Real Social Security.

    E por fim, sugerimos que leia “Dicas Importantes para Imigrantes, no link abaixo:
    https://frankherles.wordpress.com/2007/12/02/dicas-importantes-para-imigrantes/

    Boa sorte

  7. Lina Cansly says:

    Oi,

    Sou brasilera, e gostaria muito de trabalhar no consulado brasileiro da califórnia, o de L.A. para ser mais precisa, possuo uma parte distante da familia lá, e me adaptaria muito bem, visto que já fui aí, e gostaria de voltar se possível para viver e realizar a faculdade, na qual farei direito, curso o qual pretendo me formar, minha vontade é grande, vista que não temo ter de fazer grandes concursos com poucas vagas, até como cônsul, a dificuldade não me assusta, ir legalmente para trabalhar e construir uma vida em Los Angeles é um dos meus princípais objetivos de vida, ou até o maior.
    Gostaria se fosse possível que me informasse, como isso seria possível, trabalhar no consulado do Brasil de Los Angles, exercendo cargo legal, e se possível realizar já a faculdade lá para que eu possa ter uma melhor adaptação com o idioma, estudo o próprio, mas não posso me considerar fluente.
    Tenho 15 anos, e gostaria de me planejar, tenho total apoio dos meus pais.

    Obrigada pela atenção,
    Lina Cansly.

  8. frankherles says:

    Hi Lina
    Com apenas 15 anos e já com determinação de adulta. Parabéns…
    Você está corretissima: “Quem sabe faz a hora, não espera aconteçer”….
    Well, primeiro vc deve concluir a High School (2° Grau), aí no Brasil ou aqui na América.
    Para fazer a High School aqui vc têm duas opções: A primeira legal e recomendada, através de um Studant Visa – com sua família tendo que desenbolsar de 10 à 15 mil dólares/ano. A segunda ilegal, com vc entra no país com um Turist Visa, vai morar com seus parentes “distantes” em L.A. e ingressa sem dificuldades (com cópias de seu histórico escolar traduzido para inglês e autenticado por uma espécie de tabelição local e a assinatura de alguns documentos por um parante seu que more aqui – se responsabilizando por vc.).
    Se tiver condições de optar pela primeira opção seu acesso em algum Colege ou University será mais fácil, rápido e barato. A maioria dos Coleges e Universities aqui não aceitam estudantes que sejam residentes ilegais, e os poucos que aceitam as mensalidades são dobradas e há muitas dificuldades de liberação do diploma após conclusão do curso.
    Quanto a trabalhar no Consulado do Brasil em L.A., quando tiver mais de 18 anos vc poderá avaliar dois caminhos: Através de concurso público (Itamaraty) ai no Brasil ou diretamente no Consulado de L.A. Está se tornando cada vez mais comum os Consulados contratarem brasileiros(as) que já vivam em áreas de suas juridições – pois além de serem mais baratas para o governo brasileiro são pessoas já inseridas na comunidade a onde irão trabalhar.
    Boa sorte e, continue lutando para construir seu futuro…

    • Patricia says:

      Uma dúvida: Sou brasileira e tenho autorização de trabalho nos EUA (Employment Authorization card) além de Social Security. Meu marido trabalha em organismo internacional (não vinculado ao governo brasileiro) e vivemos legalmente nos EUA. Já duas vezes tentei me candidatar a processo seletivo nos consulados brasileiros de NY e DC e para ambos fui desclassificada por não possuir green card ou ser cidadã americana. Estou LEGALMENTE habilitada a trabalhar nos EUA e acho muito estranho que o Ministério das Relações Exteriores não permitam que brasileiros LEGALMENTE habilitados a trabalhar neste país não possam se candidatar….qual a explicação? Obrigada.

      • frankherles says:

        Excesso de burocracia tupiniquim. Em todo caso, como já possui a Employment Authorization Card, em poucos meses estará com o seu Green Card e não será mais “desclassificada” por essa alegada questão. Se ocorrer, documente o fato e entre em contato com o Ministério das Relações Exteriores e o Itamaraty.
        Erros e equivocos como esse a que foi sujeita não podem mais ocorrer em representações diplomaticas de um pais emergente como o nosso. Boa sorte e continua lutando pelo que deseja.

    • Alexandra says:

      Sou brasileira e sou servidora efetiva de um órgão da Justiça Federal. Meu marido foi convidado para uma missão oficial em Washington, nos EUA por dois anos. Nesse período, pedirei licença não remunerada para acompanhá-lo junto com nosso filho. Gostaria de saber como devo proceder para participar de algum processo seletivo para trabalhar em embaixada ou consulado em Washington.

  9. Alessandro says:

    Olá, boa tarde, tenho 24 anos e estou me formando em Direito, gostaria de saber como faço, pra participar de um processo de seleção para alguma embaixada ou consulados no EUA, precisa falar fluetemente o inglês?, tem visto, como funciona? Abraços

  10. frankherles says:

    Hi Alessandro
    Well, desde que qualificado qualquer cidadão brasileiro poderá trabalhar em alguma embaixada ou consulado brasileiro no exterior. Se for de forma estável deverá ser aprovado em concurso público realizado pelo Itamaraty ai no Brasil ou contratado diretamente (conforme as necessidades e autorizações especiais) por alguma representação diplomática do Brasil no exterior. Em ambos os casos precisa ser proeficiente (falar e escrever) o idioma do país onde trabalhará.
    No teu caso, que estar terminando direito, o sugerido é que você faça uma especialização ou prós-graduação em direito internacional para que, através de um concurso público do Ministérios das Relações Exteriores você possa ser contratado como técnico na área de direito internacional. Não é fácil, mas para quem se determina, é só uma questão de se preparar e esperar a oportunidade certa.
    Enquanto isto, estudo inglês e faça algumas imerções em comundades que só falam e escreve em inglês.
    Boa Sorte…

  11. Samira says:

    Hi,

    Gostaria de saber como americanos podem fazer para trabalhar no Embaixada Americana no Brazil.
    Meu namorado é americano e gostaria de mudar-se para o Brazil e trabalhar na Embaixada.

    Grata pela atenção,
    Samira

  12. frankherles says:

    Hi Samira
    Bem amiga, diferente do Brasil aqui não existe concursos para se trabalhar neste ou naquele orgão público. Geralmente, e no caso de trabalhar em embaixadas é um exemplo, eles fazem curso(s) universitários e se especializam na área em que deseja trabalhar.
    Se teu anmorado americano possui alguma formação acadêmica para trabalhar em embaixadas ele deve se escrever no Departamente do Estado, em Washington e esperar surgir vagas para ser contratado para trabalhar em alguma embaixada ou consulado americano no exterior. No caso para trabalhar no Brasil, além da formação básica ele deve ser proeficiente em Português.
    Espero ter ajudado.
    Boa sorte…

  13. Samira says:

    Ajudou muito!
    Muito obrigada!

  14. Pingback: Abdel Ferreira Silva

  15. gaucha_em_duvida says:

    Ola,

    Moro em Richmond, VA e estou considerando a possibilidade de ingressar na carreira de Diplomata. NA verdade, minha perg. seria:

    Qual seria o “degree” correto para trabalhar no Consulado do Brasil em Washington DC?

    Obrigada

  16. frankherles says:

    Gaucha
    Infelizmente a diplomacia brasileira é amarrada, acorrentada a um amaranhado de regulamentos que até 2004 privilegiava a “carreira” – leia-se oligarquia do Instituto Rio Branco. Isto, em parte era até bom pois acabou contribuido seriamente para qualificar e torar a diplomacia brasileira uma das mais qualificadas do mundo.
    A partir desta data o governo Lula fez aprovar diversas leis e alterar (no linguajar oficial, “Atualizar”) diversos regulamentos internos do Itamaraty que, no conjunto acabaram politizando a diplomacia brasileira – especialmente nomeações!
    Oficialmente o “degree” necessário para ingressar em qualquer embaixada ou cabsulado brasileiro é somente o nível superior, mas há diversas outras exigencias extra corriculares. Boq sorte para VC, Gaucha…..

  17. Simone says:

    Gostaria de saber como faço para saber de vagas em consulados (de qualquer país) no Brasil.
    É só através de concurso do Ministério das relações exteriores, ou existe um lugar onde posso me informar e me candidatar a este tipo de vaga ?
    Obrigada

  18. frankherles says:

    Simone
    Por via de regra funcionários do Itamaraty são concursados – e esses concursados devem preencher diversos requisitos de qualificacões; no entanto, há exceções quando um determinado consulado precisa dos serviços de pessoas especializada em serviços que essa ou daquela representação diplomática necesita – na maioria dos casos esses ‘serviços especiais’ são sob contratos (seguindo não só a legislação brasileira como leis do país onde o consulado está instalado.
    Sugerimos que consulte:

    1 – Instituto Rio Branco – Brasília. Fones: (0XX61) 3325-7005/7006/7007 – Fax: (0XX61) 3322-8355 – E-mail: irbr@mre.gov.br
    2 – Itamaraty – Brasília. Assessoria do Minsitro: Fones: (0XX61) 3411-8103/8104
    3411-6105/6106 – Fax: (0XX61)3411-6993
    Ver também – http://www.mre.gov.br/index.php?option=com_content&task=view&id=1348

    Boa sorte.

  19. Léa Garcia says:

    Sou graduada em Turismo e gostaria de saber se existem cargos em consulados brasileiros no exterior cujas atribuições estejam relacionadas à essa área. Tenho domínio da língua inglesa e sei que este seria um dos requisitos para concorrer à uma vaga, no entanto o que mais seria necessário? Existe algum curso específico? Obrigada!

  20. Vania B. N. Escherle says:

    Caros Senhores,
    Me encontro atualmente no Brasil concluindo o curso de Graduação em Letras,e tenho interesse em trabalhar para o Governo Federal (consulados ou embaixadas) na Alemanha, onde residi durante 9 anos, possuo visto permanente por casamento e prole, e cuja língua domino. Gostaria que me informassem por gentileza sobre os requisitos para a ocupação de tais cargos, se há concursos, ou mesmo se é obrigatório o bacharelado em Direito.
    Agradeço desde já a atenção e permaneço no aguardo de seu comunicado.
    Atenciosamente,
    Vania. B. N. Escherle

  21. frankherles says:

    Hi Vania

    Pelas informações que possuímos há duas formas de trabalho nas representações diplomáticas do Brasil no exterior: Estável que devem ser aprovados em concursos públicos realizados pelo Itamaraty, e temporário que são contratados por embaixadas ou consulados de acordo com suas necessidades.
    Apesar das excelentes qualificações e especializações dos funcionários estáveis, geralmente (com exceções de indicações políticas que vez ou outra ocorrem) os funcionários temporários são altamente qualificados em suas respectivas áreas. Essas áreas de especializações (direito e comércio internacional, agentes culturais, etc.)varia de acordo com as necessidades de cada representação diplomática.
    Em ambos os casos precisa ser proeficiente (falar e escrever) o idioma do país onde trabalhará.
    Sugerimos que entre em contato com a embaixada ou algum consulado brasileiro na Alemanha para maiores e melhores informações, e também:
    1 – Instituto Rio Branco – Brasília. Fones: (0XX61) 3325-7005/7006/7007 – Fax: (0XX61) 3322-8355 – E-mail: irbr@mre.gov.br
    2 – Itamaraty – Brasília. Assessoria do Minsitro: Fones: (0XX61) 3411-8103/8104
    3411-6105/6106 – Fax: (0XX61)3411-6993
    Boa Sorte

  22. Vania B. N. Escherle says:

    Gostaria de agradecer pela presteza e rapidez na resposta!
    Vou tentar contactar os consulados ou órgãos aqui informados.
    Obrigada!

  23. Amanda says:

    Olá,
    Tenho 16 anos e gostaria de saber qual são os cursos superiores recomendandos para que eu trabalhe em embaixadas exercendo cargo legal e quais são os cursos extracurriculares que são necessários.
    Agradeço e aguardo.

  24. frankherles says:

    Olá Amanda
    Parabéns. Tão jovem e já construíndo o caminho de seu próprio futuro. O Brasil seria outro se a maioria da
    população fosse como vc.
    Bem amiga, se vc deseja ser diplomata deve realizar e ser aprovada em concurso do Instituto Rio Branco.
    Depois da graduação iniciará a carreira diplomática como Terceira-Secretária; em seguida, dependendo das
    competências e tempo de serviço será promovida para Segunda-Secretária, Primeira-Secretária, Conselheira,
    Ministra de Segunda Classe e Ministra de Primeira Classe (Embaixadora).
    Outro curso de nível superior do Instituto Rio Branco é o de Oficial de Chancelaria.
    Os graduados em nível médio mais utilizados pelo Itamaraty é o de Assistente de Chancelaria
    Os cursos superiores extracurriculares mais recomendados para otimizar e dinamizar as carreiras diplomáticas
    e/ou viabilizar ser contratado para serviços temporários nas representações diplomáticas são: Letras (proeficiência
    em dois ou mais idiomas, especialmente Inglês, Francês, Alemão, Japonês e Chinês. ) Direito Internacional
    e Comércio Internacional.
    Para colher mais e melhores informações acesse o site http://www.irbr.mre.gov.br , passe um e-mail para o gabinete
    da chefia do Istituto Rio Branco Embaixador Fernando Guimarães Reis – E-mail: irbr@mre.gov.br e/ou Fones:
    (0XX61) 3325-7005 / 7006 / 7007 – Fax: (0XX61) 3322-8355
    Boa sorte

  25. Amanda says:

    Muito obrigada!!

  26. Regina says:

    Olá gostaria de uma informação, eu já namoro a um determinado tempo com uma pessoa do Egito, gostaria de saber se teria com o eu me casar via embaixada com ele, msmo eu estando aqui e ele lá, pois ele ainda está trabalhando para só depois vir, se teria como nos casar via internet porem os dois dentro de uma embaixada. obrigada

    • Maria Aparecida says:

      Regina, desculpa-me ser breve e rude com a verdade sobre os egipcios, que parecem ser maravilhosos, mas sao muculmanos. A verdade e terrivel, opressao, e terror. A mulher e uma escrava sexual. Na porta do seu templo diz que a mukher deve ser tratada como um animal. Eles querem te muculmanizar. Eles podem ter muitas mulheres e sua vida sexual com muitas mulheres os fazem ir ao ceu. Matar em nome de Ala vai direto para o ceu. Se a mulher desobedecer ela apanha 30 cintadas, e torturada e seu filho/a nao e dela e da religiao. Pesquise mais. Tenha medo, busque a Deus, saiba mais de pessoas que ja sofreram com este engano. Por favor, espero que voce ainda nao tenha conseguido casar-se. E a maior fria. Sera um grande sofrimento para voce, talvez nem tenha volta. voce corre o risco de morte.

      • Regina says:

        Well, recebi um comentario um tanto preconceituoso e acho q é ate cabivel de processo por intolerancia religiosa ou algo do genero, Dona Maria aparecida, acho que até entao eu estava me diregindo ao sr. frankherles, não com a senhora, pois duvido q de um local que falam sobre embaixadas , informaçoes saíria um comentario tao racista, só para constar dona maria aparecida eu sou mulçumana e posso lhe garantir que nunca fui mal tratada e nem tao pouco outras muslim de minha familia, gostaria se posivel que retirassem esse comentario tão maldoso e sem conhecimento que foi colocado aqui, alias dona maria aparecida qdo a senhora quiser postar algo sobre , não vá sobre informaçoes de midias ou o q ouvio de outros, vá a senhora mesmo em busca do conhecimento, a senhora não me viu aqui falando de tratamentos de outras religioes, e nem tão pouco a senhora se referiu a tantas crueldades que acontecem com mulheres aqui mesmo no Brasil ou nos EUA, onde o índice de agressao em casa é enorme, então agressao a mulheres não está vinculada a religiao e sim MAL CARACTER DE ALGUNS HOMENS , ESTÁ VINCULADO A COVARDIA, VIOLENCIA DOMESTICA EXISTE AOS MONTES EM NOSSO PAÍS E SE FOR VER, NÃO VEIO POR PARTE DE NÓS MUSLIMS, MODERADOR POR FAVOR RETIRE ESSE COMENTARIO DESSA SRA MARIA APARECIDA, OU MELHOR ATE DEIXE PQ É PASSIVEL DE PROCESSO. OBRIGADA.

  27. isabella says:

    oi meu nome e isabella e eu moro nos eua com visto de turista. existe a possibilidade de eu muda-lo para um visto de estudante estando em public high school??

  28. frankherles says:

    Hi Regina
    Desculpa o atraso na resposta. Estava aguardando informações a respeito de sua dúvida.
    Well, pelo que apurei, a princípio esse casamento pode ser feito por procuração – aceito pela lei brasileira e, com algumas restrições. pela egípcia. No entanto, seu teu namorado
    egípcio for muçulmano, você deverá se converter à religião dele e em seguida comparecerem (juntos) perante um juíz egípcio para ele (nessas situações a mulher sai tão calada como entrou) confirmar o casamento.
    Espero ter ajudado.
    Boa sorte

  29. frankherles says:

    Hi Isabella
    É possível mudar o teu Visa de Turista para Estudante – F-1 ou mesmo M-1. Esta solicitação
    pode ser feita em qualquer representação diplomática dos Estados Unidos, fora do país; e,
    internamente – com ou sem acompanhamento de advogado – no DHS ou qualquer escritório de
    imigração.
    Acesse este link e veja o que é necessário para poder trocar de visa –
    http://www.immigrationdirect.com/visas/student/index.jsp
    Se precisar de mais ajuda e orientação, acesse este link da “United States Immigration Support” –
    http://www.usimmigrationsupport.org/?gclid=CLjE7J3yvpkCFQG7GgodukPV6A
    Boa sorte…

  30. Ana says:

    Olá, sou brasileira casada com argentino. Sou formada em comércio exterior e gostaria de saber que possibilidades teria de ingressar em consulados ou embaixadas sem o processo de concursado, categoria “temporária”, já que não sou mais uma jovem estudante, mais possuo domínio do idioma espanhol (possuo título), ingles avançado e francês intermediário.
    Muito obrigada pela atenção, há muito tempo estou na procura de informações sobre o assunto, sem nada em concreto.

    Ana Maria

  31. Bruna Zacouteguy says:

    Olá, gostaria de obter informação sobre os consulados brasileiros que tem na Europa e na America do norte. Estou cursando relações internacionais e adoraria trabalhar em um consulado brasileiro no exterior, acredito que trbalho lá é apenas concursado, porem não existe trabalhos temporários?

    desde já agradeço.

  32. Ana says:

    Olá, sou brasileira casada com argentino. Sou formada em comércio exterior e gostaria de saber que possibilidades teria de ingressar em consulados ou embaixadas sem o processo de concursado, categoria “temporária”, já que não sou mais uma jovem estudante, mais possuo domínio do idioma espanhol (possuo título), ingles avançado e francês intermediário.
    Muito obrigada pela atenção, há muito tempo estou na procura de informações sobre o assunto, sem nada em concreto.

    Ana Maria

  33. Magda says:

    Boa Tarde,

    Gostaria da sua ajuda para esclarecer sobre vagas em consulados. Tenho 25 anos e curso o último ano de Relações Internacionais; falo inglês fluente e espanhol intermediário. Já atuei com educação e em comunicação de sistemas financeiros e adoraria conhecer como é o trabalho em consulados.

    1- As vagas saem à mostra em jornais, revistas? ou temos que ir diretamente em sites e comparecer nos consulados?
    2- Como são as chances de trabalhos? Para recém-formados? Estágios? Trainnes? Profissionais que tenham conhecimento?
    3- Quais qualificações são necessárias para se trabalhar em um consulado, seja ele para que região for?
    4- Há período de idade específica (limite de idade) para empregabilidade no local?
    5- (última)- Quais ramos de vagas um consulado abrange ?

    Agradeço seu retorno desde já!!!

    Magda

  34. frankherles says:

    Ana
    Desculpa pelo atraso. Falta de tempo me impediram de entrar neste blog e dar a atenção merecida
    aos nossos usuários(as).
    Eventualmente embaixadas e consulados brasileiros costumam contratar em “caráter provisório”
    especialista em determinadas áreas) e comércio exterior é uma delas, para atender necessidades
    temporárias das respectivas repartições diplomáticas.
    Sugiro que entre em contato com o Itamaraty para identificar alguma necessidade, por parte de
    alguma embaixada e/ou consulado – dos serviços que está qualificada para prestar.
    irbr@mre.gov.br e/ou Fones:
    (0XX61) 3325-7005 / 7006 / 7007 – Fax: (0XX61) 3322-8355
    Boa sorte

  35. frankherles says:

    Hi Bruna
    Trabalho temporário existe, mas são relativamente raros; só ocorrem quando uma das
    representações diplomáticas está precisando de profissional que não possui em seus quadro ou,
    ocasionalmente, nesta ou naquela unidade diplomática.
    O ideal para que domina vários idiomas, possui formação acadêmica dirigida e/ou
    relacionada com a diplomacia e, gosta desta atividade, é igressar na carreira através do Instituto
    Rio Branco.
    Entre em contato com esse Instituto (Brasília. Fones: (0XX61) 3325-7005/7006/7007 – Fax:
    (0XX61) 3322-8355 – E-mail: irbr@mre.gov.br) ou o Itamaraty (Brasília. Assessoria do
    Minsitro: Fones: (0XX61) 3411-8103/8104) para obter informações oficiais e atualizadas a
    respeito da questão que levantou.
    Poderá também entrar em contato com representações diplomaticas brasileira na Europa e
    América do Norte (regiões de sua preferência) para obter informações complementares.
    Boa Sorte

  36. frankherles says:

    Magda
    Através do Itamaraty e, eventualmente, embaixadas e consulodos que necessitam de serviços
    especiais (temporários) se obtém informações sobre se, quando, onde esse tipos de serviços estão
    sendo necessários.
    As questões que levantou são esclarecidas com propriedade pelo Itamaraty: Brasília. Assessoria
    do Minsitro: Fones: (0XX61) 3411-8103/8104, 3411-6105/6106 – Fax: (0XX61)3411-6993
    Boa Sorte

  37. Monica says:

    Oi, Sou estudante de Turismo, falo ingles fluente e tenho interesse em morar nos EUA. Gostaria de saber se ser graduada em Turismo é suficiente para tentar trabalhar em algum Consulado americano?

  38. Ana Maria says:

    Olá, agedeço muito a atenção e com certeza me ajudará bastante. Solicitei uma terceira cidadania e
    esta como européia. Espero que isto me ajude em alguma coisa.

    Mto.obrigada e creia está ajudando muito dando estas informações.
    Atte. Ana Maria

  39. Amanda Lima says:

    Boa Tarde.

    Eu moro a 3 anos em Sevilla (España), que recentemente abriram um consulado honorário.
    Já que até o momento todos os brasileiros que viviam nesta cidade tinham que ir a Madrid ou em Malaga.
    Porém tive uma grande decepçao, porque o atendimento é pessimo, o funcionário nao entende nosso idioma e assim gostaria de saber se efetivamente se consulado ou embaixada é realmente territorio deste pais..
    Ou seja.. funcionarios que estejam cientes das leis e da comunicaçao deste pais.

    Muito Obrigada pela ajuda

  40. Yonara ALves says:

    Óla gostaria de obter uma informacao ,
    porem tenho um interesse em trabalhar em um consulado ou estagio mesmo sendo curricualar ou servicos prestados ,quais os requisitoe teria de ter 9afaco faculdade de turismo ,curso de ingles e espanhol e comercio exterior
    obrigada

  41. suzi says:

    ola, me chamo suzi e mora em frança em paris ,e estou legalmente no pais, e gostaria muito de trabalha no consulado brasileiroa aqui em frança,me disserao que para eu pode trabalhar no consulado tebrasileiro teria de presta um concurs publico esses concurso publica sao raros aqui ,,entao gostria de sabe se existi outra forma deu consegui uma vaga no consulado ;
    obrigado estarei esperando resposta

  42. Patricia says:

    Oi, tudo bem? Sou brasileira, advogada (pois tenho a OAB) mas pratiquei a profissao so por um ano e moro nos EUA a 8 anos. Tenho fluencia em ingles (leio, escrevo e falo).
    Agora gostaria de saber quais sao as possibilidades de poder trabalhar no consulado de San Francisco ou L.A.
    Qual a documentacao legal necessaria ? Tem algun requisito especifico?

    Desde ja agradeco a sua colaboracao.
    Patricia.

  43. Maicon says:

    Olá! Me chamo Maicon e tenho 17 anos. Atualmente faço curso de Administração, e gostaria de saber de oportunidades dessa área em qualquer país, como forma de trabalho, estágio ou trainee. Falo inglês e espanhol fluentemente, por ter muita vontade de conhecer outros países. Também gostaria de saber em que área da administração eu me enquadraria melhor para ter mais facilidade de trabalho no exterior. Aguardarei resposta. Obrigado.

  44. Ana says:

    Sr. Informante deste blog, gostaria que fosse esclarecido que não existe a possibilidade do Itamaraty centralizar curriculums de interessados em trabalhar no exterior. Por favor não alimentem esperanças, pois falei com o Itamaraty e quando necessaitam de profissionais específicos, o próprio consulado faz uma pré-seleção.

  45. mariana says:

    Oi!

    Gostaria de saber se fazendo o curso de Relaçoes Internacionais eu poderia trabalhar em uma embaixada ou consulado.

    Obrigada

  46. Regina says:

    frankherles
    hi, então eu havia perguntado sobre o casamento por procuração, eu sei q pode haver isso, mas vc falou de algumas restriçoes, que restriçoes seriam essa? ah e qto a ser muslim, eu sou tb, só q um casamento no Egito apenas com a presença da noiva. Mas atualmente existe muita dificuldade, para elesvirem para o Brasil, a exigencia da embaixada chega ser dificl para a realidade do país, durante uns 3 anos eu não poderei viajar por conta de faculdade, mas tb nao quero ficar afastada dele e nem é interesse dele ficar morando no brasil, pois os costumes islamicos são bem diferentes daqui, mas tb não queriamos ficar separados esse tempo todo. Como ele pode conseguir para vir, sendo que aqui teria até msmo como se sustentar, uma vez que teria emprego certo. Obrigada🙂

  47. Regina says:

    ah apenas para comentar, muitas brasileiras que estão no Egito reclamam do atendimento que estão tendo por nossa embaixada, coisas simples como no dia 7 de setembro, estão ficando em branco, visto q com administração passada, antigo consul, não deixava passar em branco. Documentos que nao ficam prontos, prazoa q nao sao respeitados, lamentavel.

  48. Regina says:

    ah para se casar com um mulçumano, nao necessariamente precisa se reverter, pode se casar com ,muslim >> judeus e cristaõs tb .

  49. Pingback: Brasileiros no Mundo « World’s Observatory

  50. Paula says:

    Oi,
    morei 3 anos nos USA e tenho muita vontade de ir para trabalhar no consulado americano de Sao Francisco prestando servicos aos brasileiros.
    As vagas sao muitas?
    Meu ingles e fluente, estudei la, estou na faculdade de jornalismo.
    Existe algum curso para eu tentar o concurso do Itamaraty?
    Bom espero receber as respostas logo!
    Obrigada

  51. Regina says:

    Well, recebi um comentario um tanto preconceituoso e acho q é ate cabivel de processo por intolerancia religiosa ou algo do genero, Dona Maria aparecida, acho que até entao eu estava me diregindo ao sr. frankherles, não com a senhora, pois duvido q de um local que falam sobre embaixadas , informaçoes saíria um comentario tao racista, só para constar dona maria aparecida eu sou mulçumana e posso lhe garantir que nunca fui mal tratada e nem tao pouco outras muslim de minha familia, gostaria se posivel que retirassem esse comentario tão maldoso e sem conhecimento que foi colocado aqui, alias dona maria aparecida qdo a senhora quiser postar algo sobre , não vá sobre informaçoes de midias ou o q ouvio de outros, vá a senhora mesmo em busca do conhecimento, a senhora não me viu aqui falando de tratamentos de outras religioes, e nem tão pouco a senhora se referiu a tantas crueldades que acontecem com mulheres aqui mesmo no Brasil ou nos EUA, onde o índice de agressao em casa é enorme, então agressao a mulheres não está vinculada a religiao e sim MAL CARACTER DE ALGUNS HOMENS , ESTÁ VINCULADO A COVARDIA, VIOLENCIA DOMESTICA EXISTE AOS MONTES EM NOSSO PAÍS E SE FOR VER, NÃO VEIO POR PARTE DE NÓS MUSLIMS, MODERADOR POR FAVOR RETIRE ESSE COMENTARIO DESSA SRA MARIA APARECIDA, OU MELHOR ATE DEIXE PQ É PASSIVEL DE PROCESSO. OBRIGADA.

  52. Magda says:

    Hi Isabella
    É possível mudar o teu Visa de Turista para Estudante – F-1 ou mesmo M-1. Esta solicitação
    pode ser feita em qualquer representação diplomática dos Estados Unidos, fora do país; e,
    internamente – com ou sem acompanhamento de advogado – no DHS ou qualquer escritório de
    imigração.
    Acesse este link e veja o que é necessário para poder trocar de visa
    Acesse este link da “United States Immigration Support” –
    http://www.usaimmigrationsupport.com
    Boa sorte…

  53. Nate says:

    Oi Pessoal, tudo bem?

    Gostaria de saber se é possível eu trabalar no consulado de Boston. Sou concursada pela Petrobras mas soh largaria meu emprego por uma proposta equivalente no exterior e por motivos pessoais (casamento) estou cogitando a possibilidadee de mudar para Boston.

    Abraços,

  54. Lais says:

    Ola meu nome e Lais e tenho o visto J1(aupair) com a regra dos dois anos. Estou no meu segundo ano aqui nos eua com a extensao valida ate o dia 8 de junho de 2010. Comprei minha passagem para o dia 26 de maio de 2010 ou seja antes da minha extensao vencer. Eu nao estou mais no programa desde de agosto de 2009 e estou morando na casa do meu namorado, pretendemos nos casar mais nao sei oq devo fazer pq nao estou mais no programa de aupair entao nao sei se eu estou legal ou ilegal aqui. Presciso de ajuda para saber oq devo fazer eu realmente amo meu namorado e quero construir uma familia com ele mas nao sei se devo me casar agora, nao sei se devo entrar com o visto de noiva, nao sei se devo voltar ao brasil e ai sim tentar quebrar a regra dos dois anos. Presciso de ajuda!

    Obrigado desde ja!
    Lais

  55. Patricia Santos says:

    Olá sou estudante de direito e gostaria de saber como faço para trabalhar no consulado americano aqui no Brasil.

    Obrigada

  56. Paula says:

    Olá!

    Meu namorado é albanes, porem esta vivendo ilegalmente na Irlanda há alguns anos. Gostariamos que ele fosse ao Brasil nesse ano, mas como ele necessita de visto, gostaria de saber se existe algum problema, diante de sua condicao, entrar com o pedido de visto na embaixada do Brasil na Irlanda??? Isso poderia dificultar a entrada dele no Brasil?? Ou a legalidade de sua permanencia nao é questionada??? Existe alguma outra alternativa visto que nao existem consulados do Brasil na Albania??

    Agradeço desde já!!

  57. frankherles says:

    Hi Paula
    As exigências legais para se obter esse visto varia de nacionalidade do solicitando (de acordo com medidas de reciprocidades).

    1. A solicitação inicial do Visto pode ser feito pela internet – Veja aqui o link do questionário a ser preenchido.
    Página em português – – https://scedv.serpro.gov.br/frscedv/manterVisto.do?lang=ptbr#
    Página em Inglês – https://scedv.serpro.gov.br/frscedv/manterVisto.do?lang=eng
    – Ao abrir a página contida no link acima siga as instruções para correto preenchimento das informações, fotos a serem tiradas e reunir os documentos necessários.
    2. O mais aconselhável é ele solicitar esse visto no Consulado do Brasil na Irlanda (e condição dele de “ilegal” na Irlanda não atrapalha em nada). Ele só deve ter comprovante de residência (contas de água, luz, fone, carteira de
    motorista…) na Irlanda.
    O provável único problema que vemos seria a reentreda dela na Irlanda. Mas neste sentido tudo indica que ele já sabe o caminho a seguir.
    Boa sorte para vcs.

  58. Paula says:

    Agradeço imensamente pelo esclarecimento!

  59. Luana Soares says:

    Olá …
    Bom eu tenho curso de francês , falo fluentemente e 2º grau completo . No momento estou terminando a faculdade de Sistemas de Informação . Gostaria muito de trabalhar em uma embaixada , mas demora demais para sair concurso . Tem alguma forma de ingressar ? E quais os cargos que posso exercer lá ?
    Obigada … Luana

  60. Noemi says:

    Olá
    Eu sou estudante de Relações Internacionais (2° ano), falo fluentemente inglês, francês e espanhol e gostaria muito de fazer um estágio/trabalho ainda como estudante do curso na embaixada brasileira em Buenos Aires. Alguém sabe o que é preciso para isso? Estou meio perdida e não acho informações muito precisas. Desde já, muito obrigada!

  61. Cristiana says:

    Olá,
    Estou precisando urgente de uma informaçao. Sou brasileira, casada com um estrangeiro,funcionária pública federal, concursada, afastada, só que agora minha licença está vencendo e eu tenho que voltar a trabalhar, estava pensando em pedir transferência para o consulado brasileiro na cidade onde moro. Qual o procedimento para tentar esta possibilidade , pois nao quero pedir demissao e estou convencendo meu marido a viver no Brasil, mas se isto acontecer acho ainda que vai demorar uns 02 ou 03 anos..
    Muito Obrigada

    • frankherles says:

      Cristiana, cada orgão público brasileiro possui cursos públicos específicos. Desconheço qualquer tranferência de concursados de um orgão público para outro, excessão de extinção e funcionários são transferidos para outro orgão público. Desculpa pela objetividade, mas é as informações oficiais que temos.

  62. MARIANGELA LIMA says:

    BOA NOITE!!
    GOSTARIA MUITO DE TRABALHAR
    NO CONSULADO BRASILEIRO DA ITALIA, MORO EM MILANO , TENHO O VISTO DE AGJUNTAMENTO FAMILIAR, POIS TENHO UM FILHO COM ITALIANO, NO MES DE MAIO DE 20010 ME CASO COM O PAI DO MEU FILHO. QUERO MUITO TRABALHAR E COMO NAO DOMINO TOTALMENTE A LINGUA EM ITLIANO , SERIA OTIMO TRABALHAR NO CONSULADO BRASILEIRO. GOSTARIA DE SABER SE TENHO QUE ME ESCREVER AQUI NA ITALIA OU FAZER ALGUM CONCURSO, SOU FORMADA EM ADMINISTRAçAO COM ESPECIALIZAçAO EM MARKETING, JA TRABALHEI NA AREA ADMINISTRATIVA E DE MARKTING DE ALGUMAS EMPRESAS NO BRASIL.DESDE JA AGRADEçO A RESPOSTA

    • frankherles says:

      Acompanhe informações que puder sobre embaixada e consulados brasileiros na Itália, ocasionalmente surge oportunidades de trabalhos temporários e/ouinformações para concursos na área de serviços deplomática. É necessário domínio de outros idiomas.

  63. Marcella says:

    Boa noite

    Sou libanesa, nascida no líbano de pai libanes e mãe brasileira, atualmente moro no Brasil.
    Estou no 4 semestre da faculdade , falo 3 idiomas fluentes, gostaria de saber quais são os requesitos para eu trabalhar na embaixada do líbano, pois pretendo morar lá.
    Este concurso que eu me informei, não sei se entendi certo, mas quem não for brasileiro NATO não poderá prestar.
    Como assim? E se eu quiser prestar para o consulado do meu país, eu não posso? Ou este concurso não serve?
    Onde me informar sobre como trabalhar na embaixada e consulado do Líbano?
    Desde já grata

    • frankherles says:

      Marcela
      Se não for brasileira nata não poderá prestar nenhum cuncurso para orgãos brasileiros, onde desempenhará atividades de carreira…
      Como domina o português e dois outros idiomas, poderá prestar serviços temporários dependendo das necessidades da representação diplomática brasileira – no Líbano, no teu caso.
      No entanto, apesar de ter nascida no Líbano, disse que tua mãe é brasileira. Se, e somente si, ao nasçer tua mãe, além do registro de nasscimento libanês, também obteve o teu registro de nascimento no consulado brasileiro no Líbano, significa que vc também é brasileira nata.
      Boa sorte.

  64. Gena says:

    eu queria saber como eu faço pra trabalhe no consulado brasileiro em Londres, eu estou terminado o ensino medio e vou passar um ano em Londres para aperfeiçoar meu inglês, mas queria saber como eu faço pra fazer uma faculdade em Londres mesmo.

  65. Francisco R. Teschima says:

    Ola estou planejando me casa com uma inglesa no Brasil mas nao sei quais sao os procedimentos . E possivel ela casar se aqui no Brasil com visto de turista ?

  66. laine says:

    Oi gostaria de tira uma duvida, meu namorado é Albanes, mora na italia a muitos anos e tem residecia e trabalho na italia, ele quer vir ao brasil este ano , vamos ter uma filha em setembro , preciso saber se ele necessita um visto, ou com apenas uma carta convite?

    • frankherles says:

      Desconheço se há algum tipo de recriporcidade diplomática entre Brasil e Albânia. Para obter informação oficial e atualizada, favor entrar em contato com embaixada brasileira mais próxima de vc. Boa sorte…

  67. Sirlei says:

    Boa tarde!

    Tenho inglês fluente e faço faculdade de RI gostaria de saber quais são os pré requisitos para prestar concurso para uma vaga em um consulado ou embaixada? Por exemplo se eu pretendesse entrar na embaixada ou consulado em Miami precisa apresentar tempo de residência no exterior, portanto no país que deseja atuar?

    • frankherles says:

      Há diversos cargos administrativos nos organogramas dos consulados e embaixadas brasileiras. Veja telefones e e-mails da Escola Rio Branco e Itamaraty e se informe de forma mais atualizada. Boa sorte…

  68. Carol says:

    Ola!!
    tenho uma duvida. sou brasileira, estou cursando o sexto semestre de relacoes internacionais aqui no Brasil e gostaria de trabalhar em um consulado brasileiro na Europa, pois meu noivo esta estudando la. haveria essa possibilidade?? Talvez se eu fizesse um intercambio nos proximos semestres para Europa e trabalhar no consulado paralelamente?? ou apenas atravez do concurso do Itamaraty???

  69. maraiza says:

    oi o meu bisavo veio da espanha a muito tempo e a minha familia queria encontrar a familia dele cortez como faço para achar

    • frankherles says:

      1. Contratar empresa especializadas em pesquisas geneologicas. Esses serviços geralmente são caros.
      2. Realizar uma longa pesquisa pessoal começando com:
      a) Compre um caderno novo e começe a anotar todas informações sobre seu bisavo – Nome completo, data e cidade de nascimento
      b) Confirmado o dados acima, entre em contato com a prefeitura da cidade em que seu bisavo nasceu para pesquisar sobre registros de nascimentos da época
      c) Entre em contato com igrejas da cidade em que seu bisavo nasceu para pesquisar sobre registros de batizados, comunhões e crismas
      d) Com dados reais já confirmados sobre nome completo, data e cidade de nascimento, igreja de batismo, etc… amplie suas pesquisas acessando sites de geneologia, a exemplo de:
      – Fórum de Genealogia – Portugal, Espanha, Brasil… http://www.geneall.net/P/forum_msg.php?id=209859
      – Geneología Española – http://www.genealogia-es.com/

  70. Dias says:

    Olá, estou numa tremenda duvida. Fui aprovada em uma seleção para trabalhar no consulado dos EUA, porém outra oportunidade surgiu ao mesmo tempo com um salario ate melhor… Mas naum quero desperdiçar uma boa oportunidade no consulado… Vc saberia quais são as reais chances de crescimento trabalhando em um consulado? A posição atual e para atendente (organizar pessoas na fila para o visto), e um trabalho que naum exige muito intelecto naum é? Sera q e possivel surgirem vagas para outros setores?
    Agradeço a atenção

  71. Kasy says:

    Pois e, li o artigo e os comentarios e discordo em partes sobre as exigencias de contratatacao de funcionarios nas Embaixadas.
    Infelizmente o requisito mais importante e o QI (quem indica). Sem isso fica impossivel entrar numa Embaixada. ACORDEM!!!
    Sou mestrada em Relacoes Internacionais, falo tres idiomas fluentemente, e mesmo assim nao consegui trabalhar na Embaixada do Brasil na Polonia.

    • frankherles says:

      Nisto vc tem razão. E esse QI é exigido por todos os países – alguns mais e outros menos, especialmente para cargos importantes. Sentimos por não ter sido contratado, mas sugerimos que não desista.

  72. ADAELMA says:

    boa noite,olà gostaria que me tiracem uma grande duvida!faz dois anos que moro em milano(italia)tenho um filho com um italiano,so que tanbem tenho uma filha com um brasileiro e gostaria muito que ela vinhece mora aqui comigo em milano,so que eu nào sei as precauçao que devo tomar pra que ela possa vim sem problema com quem devo falar!agradeço desde de ja … espero uma resposta.ass. adaelma

    • frankherles says:

      Fizemos algumas consultas e pesquisas a respeito da sua dúvida. Infelizmente, pela legislação de imigração italiana, vc não poderá levar o seu filho brasileiro para a Itália legalmente. Se estivesse casada com o pai italiano de tua filha ou fosse cidadã italiana, o caso seria diferente. Em todo caso, sugerimos que consulte um advogado de imigração ai na Itália, talvés haja alguma brecha legal que desconhecemos. Boa sorte.

  73. Larissa says:

    Olá Frankherles!!

    Primeiramente, muito obrigada por nos fornecer todas essas informações. Meu namorado é americano e gostaria de trabalhar na embaixada ou consulado brasileiro. Li o que você escreveu para a Samira e fiquei com algumas dúvidas.No caso dos americanos, eles podem ter qualquer curso de graduação ou algum específico? Em qual área ele deveria se especializar? Além da proeficiência em português, quais os outros critérios para o Departamento do Estado em Washington contratá-lo?

    Muito obrigada.😉

    • frankherles says:

      Laris. Essa questão que levantou é relativa, pois além de extremamente abrangente varia de embaixada para embaixada, de consulado para consulado e de país para país. Tirando o pessoal da área burocrática, existe diversas atividades realizadas nas representações diplomaticas (comercial, militar, espionagem, ciencia e tecnologia, idiomas, etc.). E quanto mais importante for o país, em termos militar/comercial e científico (hospedeiro e hospedado), mais variável são os cargos dos corpo diplomático – por isto a necessidade de viriáveis formações acadêmicas; e a proeficiência de idiomas é a mais elementar de todas. No caso dos USA, para seu namorado, sugerimos que se informe melhor e, oficialmente neste link http://www.state.gov/m/dghr/flo/c21563.htm
      Após a consulta preliminar no link acima, peça a ele para entrar em contato com seus representantes da Câmara e Senado, antes de qualquer contato telefônico ou mesmo de uma possível entrevista (independente do país, e os USA não são exceção, o fator QI – Quem Indica – é crucial na maiora das vezes, especialmente se para cargos importantes).
      Boa sorte…

  74. Thais Oliveira says:

    Olá,

    Gostaria de saber como posso me candidatar para trabalhar em um consulado ou embaixada? curso o 1° ano da faculdade de História e tenho conhecimento do idioma e da cultura italiana, pois em paralelo faço aula e participo do Espazio Italiano situado em Santo André(região onde moro).

    Desde já agradeço e aguardo uma resposta.

    At,

    Thais Oliveira

  75. Ian says:

    Boa tarde, eu sou um garoto de origens brasileiras nascido na Italia, tenho 21 anos e sou matricolado em Universidade en ” Letras e Filosofia” “La Sapienza” en Roma.
    Eu falo perfeitamente italiano, portugues e espanol com uma boa istruçao en ingles e frances. Gostaria saber como posso me candidatar para trabalhar em um consulado ou embaixada aqui na Italia.

  76. maria says:

    Olá, sou funcionaria publica federal de um Ministerio em Brasilia, gostaria de saber se poderia trabalhar em um consulado nos USA, sou concursada mas nao doMRE. Morei 10 anos em Massachusetts e tenho um filho americano. Se for requisitada pelo Mre, mesmo sendo de outro ministerio qualifico para uma vaga no consulado?

    • frankherles says:

      Pelo que sabemos existem brechas legais para “transferências” entre Ministerios. No entanto, para isso se concretize é necessário a combinação de dois fatores: a necessidade real do funcionário(a) nesse ou naquele consulado e um bom padrinho político.

  77. sou brasileiro goiano moro na espanha a muitos anos me candidatei ao crbe mas noa fui eleito tenho o dominio http://www.brasileiroimigrante.com , e sou o fundador do dia mundial do brasileiro imigrante envie doc ao min das relaçoes exterior e estou esperando resposta para a oficializaçao do nosso dia este dia seria dedicado aos brasileiros q enviou so no ano de 2009 12 bulhoes de dolares ao brasil e um dia para q os brasileiros imigrante nao sejam lembrados somente no dia do pagamentop e envio pq para os parentes dos brasileiros q mora no exterior sao lembrados somente do dia do envio estou aqui para divulgar este dia

  78. Guilherme Goes says:

    Olá!

    Lí alguns comentários de pessoas querendo trabalhar em Embaixadas e Consulados do Brasil no Exterior. Quero ressaltar que caso tentem a carreira diplomática pelo Itamaraty, é essencial que sejam brasileiros “NATOS” e há restrição constitucional para brasileiros naturalizados, uma das poucas discriminações constitucionais entre brasileiros natos e naturalizados. Sendo assim, é também vedado a participação de brasileiros com dupla-cidadania na carreira diplomática mas é possível participar do concurso em carreiras de apoio em cargos como o de assistente de chancelaria.

  79. Nadabia Helland says:

    Olá,
    Estou buscando respostas que pelo que li dos comentários, vocês podem me dar. Sou professora de uma Universidade Federal brasileira, com mestrado e doutorado na área de saúde, fluência no inglês, casada com americano e tentando me estabelecer nos Estados Unidos. Gostaria de saber se há a possibilidade de no meu caso, conseguir trabalhar na embaixada, já que não não sou bacharel em direito. Se houver, gostaria de saber quais são os passos para chegar lá. Agradeço antecipadamente e aguardo uma resposta.

    • frankherles says:

      Nadabia,
      As férias nos impossibilitou de responder-lhe antes. Nossas desculpas.
      Possível é, mas há algumas questões a serem avaliadas. Por exemplo: Se possuir dupla cidadania está legalmente impedida de trabalhar em cargos consulares de ponta, sobrando cargos auxiliares através de concurso.
      Em caso de serviços temporários, vai depender das necessidades de cada consulado.
      Para ser corretamente informada a respeito de possíveis vagas temporárias em algum orgão diplomático é necessário alguns procedimentos práticos:
      1. Simplesmente enviar curriculum ou falar sobre essa questão com o primeiro funcionário(a) que lhe atender em alguma representação diplomática é PERCA DE TEMPO.
      2 . Editais para contratação de funcionários são relativamente raros (ocorrem geralmente em áreas onde há grandes comunidades brasileiras) e limitados (geralmente contratação de auxiliares de serviços diplomáticos).
      3. Para cargos mais elevados, além da necessária indicação e/ou aprovação política (se não houver impedimentos jurídicos) é necessário qualificações e experiências compativeis aos respectivos cargos. Isto é uma regra geral que raramente permite-se exceções.

  80. Hingrid says:

    Olá,
    Tenho 16 anos e sou estudante do ensino médio, gostaria de saber alguns prós e contras de trabalhar em uma embaixada ou consulado, pois pretendo fazer o curso de Relações Internacionais e estou em duvida em relação a que area me dedicar, a publica ou optar por uma complementação de comercio exterior e atuar na area industrial. Atualmente falo inglês em nivel intermediario, e espanhol em nivel inicial, caso fosse prestar um concurso para a área seria daqui á 5 anos [O.O talvez esteja perguntando um pouco cedo sobre o assunto] quando pretendo estar formada em R.I, com inglês, espanhol e francês fluente, com um possivel nivel intermediario de Coreano. Suas informações serião muito uteis, para começar a me preparar para o futuro, afinal apesar de tudo 5 anos passam rapido e passar em um concurso público não é algo facil.
    Grata desde já,
    Hingrid

    • frankherles says:

      Hingrid,
      Parabéns. Quiça a maioria dos brasileiros(as) com sua idade já tivesse preocupado com o seu próprio futuro. Se isto ocorresse, teríamos a certeza que o gigante Brasil finalmente iria despertar.
      A maioria dos ‘prós e contras’ da carreira diplomatica (nos altos cargos) podem ser resumidos em duas citações:
      Prós
      “A diplomacia é um glamur multiculturalizado em defesa da sua pátria.” Diplomata francês do século 18.
      Contras
      “Como países não têm sentimentos ou amigos, e sim objetivos e interesses políticos, um bom diplomata deve saber mentir, ser sinico e mesmo cruel e desumano quando necessário aos interesses do país que representa.” – Parafraseando Foster Dulles.

  81. thyego says:

    olá,
    gostaria de saber como faço para ser funcionario da embaixada dos EUA aqui no Brasil, para onde devo enviar meu curriculum, para onde devo liga, o que devo fazer, obrigado e aguardo resposta.

    • frankherles says:

      Se você é cidadão brasileiro ou mesmo que tenha também a cidadania americana, está “…impedido de trabalhar em cargos de liderança em qualquer serviço diplomatico americano.” Pode trabalhar em cargos auxiliares na burocracia e outros menos qualificados.
      Diferente do Brasil (no caso de consulados, NÃO de embaixadas) a maioria dos funcionários auxiliares na burocracia são nativos dos países onde está a representação diplomatica americana. Exige-se proeficiência em inglês (falar, ler e escrever corretamente), os antecedentes são checados até 3 gerações e as inscrições ocorrem através de boletins internos, geralmente publicados na imprensa local.
      Sugerimos se informar sobre essa questão no consulado americano mais próximo de sua residência.

  82. Nubia says:

    Ola .
    Gostaria de saber com faco pra trabalhar no concusado Brasileiro em New York .
    Ja sou citizen american , so que completei a hight school no brasil….
    Como faco pra saber sobre o concurso , e se tenho chances ?
    Obrigado

    • frankherles says:

      Nubia,
      A lei brasileira, assim como da maioria de outros países, VETA a endrada de cidadões com dupla nacionalidade para carreira diplomatica em cargos de decisões. No entanto, podem, através de concurso, ocupar cargos de subordinações [jamais de decisões em nome do país para o qual trabalha] como Assistente de Chancelaria, por exemplo.
      Também é possível, embora relativamente raro, ocupar cargos temporários conforme “necessidades especiais das representações diplomaticas do Brasil, com pedido justificado [interesses do Brasil] do Consul , aprovado pelo respectivo Embaixador.”
      Os Interesses do Brasil (assim como os demais países) na arena internacional abrange diversas áreas, especialmente a diplomática, política, econômica, militar e social/cidadania, a exemplo de:
      – Áreas Diplomática/Política. Ocasionalmente ex-embaixadores e consules com reconhecidas experiências e conhecimentos no país que o Brasil deseja iniciar/consolidar/ampliar ações deplomáticas de interesse do governo brasileiro são contratados como Conselheiros.
      – Área Econômica: Quando necessário e, se não possuir em seus quadros, pessoas especializadas em comércio internacional (variando conforme acordos comerciais de interesse do Brasil – governo e/ou empresas brasileiras) são contratados com Consultores
      – Área Militar: Geralmente os governos usam militares do próprio país, fluentes em outros idiomas e especializados em questões militares (notadamente estrategistas e tecnologos) para trabalhar como Conselheiros militares. No entanto, ocasionalmente, também contrata civis com reconhecidas especialidades nessas áreas.
      – Área Social/Cidadania: Regiões no exterior, onde reside grande número de brasileiros [Boston, e New York, por exemplo), ocasionalmente contratam brasileiros para trabalharem como auxiliares administrativos, segurança, limpeza, etc

  83. Gisele Velloso S. Paulo says:

    Ola, gostaria de obter informacoes sobre oportunidades de emprego no Consulado Geral do Brasil, em Houston, TX. Meu marido e eu nos mudamos para Houston no final de julho de 2010. Ele veio a trabalho (engenheiro) e eu estou aproveitando a oportunidade para aprimorar meu ingles e tambem estou me preparando para fazer um mestrado em Direito no ano que vem, eis que sou advogada no Brasil. Gostaria muito de trabalhar (tenho visto L2), porem, antes de concluir meu mestrado, nao estou apta a me candidatar a vagas na minha area. Sendo assim, gostaria muito de prestar servico junto ao Consulado Brasileiro, em Houston, pois estaria nao so trabalhando, mas tambem ajudando pessoas do meu pais.
    Atenciosamente,
    Gisele.

  84. Luis Fernando Rodrigues says:

    Sou Graduado em Ciências Políticas, atualmente trabalho com Servidor Federal do Congresso Nacional (função CC), já morei em Boston quando estudei Inglês, quero muito trabalhar em Boston, no Consulado, Organizações Governamentais Americanas, sei lá estou procurando um emprego em Boston, desde que voltei para o Brasil não me adaptei mais, que voltar para os Estados Unidos e levar meus 2 filhos e minha esposa, quais são as suas dicas para que eu possa conseguir algo pela Região de Boston.

    Há cargos de confiança do Itamaraty em Boston (Consulado)
    É muito difícil conseguir emprego nos Orgãos Governamentais Americanos

    Aguardo seu retorno, inclusive com suas orientações. Muito Obrigado.

  85. Emerson says:

    Ola.
    Sou residente em milao (italia), possuo curso superior em administraçao de empresas com enfase em comercio exterior… sou proeficiente em italiano… meu curriculum é competitivo, mas infelizmente…brasileiros na italia, sem um ajudinha (recomendaçao), nao tem muito futuro…
    Por favor, gostaria de saber como faço para obter a possibilidade de trabalhar no consulado, ou pelo de participar a um processo seletivo?

    Obrigado,

    Emerson Guimaraes

  86. sirlei aparecida ferreira says:

    ola
    Sou brasileira e vou me casar com um rapaz da macedonia e ele precisa de visto para ficar no brasil?????
    quais as dificuldade para a vinda dele para o brasil ?? pois vou ficar morando no brasil
    apos o casamento ficará mais facil sua vinda para o brasil
    que devo fazer ????
    pois o casamento vai ser realizado ele la macedonia e eu aqui no brasil
    entao mostre uma soluçao para mim.
    desde ja agradeço .
    abrigado=SIRLEI

  87. Mine says:

    Ola,
    Eu sou uma Turca e queria saber se eu posso trabalhar no consulado do Brasil aqui na Turquia, mesmo sendo uma estrangeira ? Se eu posso, o que eu devo fazer ?
    Desde ja agradeço.

    • Cristina says:

      Mine,
      Acredito que voce possa trabalhar sim, normalmente o consulado publica um edital do processo seletivo , tens que ver o conteudo do edital.
      boa Sorte

  88. francisco says:

    oi sou segurança e tou estuidando inglês gostaria de saber se posso enviar curriculum de segurança para trabalhar em embaixadas e consulados, como se dar o processo de contratação de seguranças nesses orgãos. obrigado!

  89. T Shirt says:

    Thanks for this outstanding information

  90. Bruno Oliveira says:

    Gostaria de trabalhar para algum consuldado, seja nos Estados Unidos, Espanha ou Portugal, mas nao sei como chegar ate eles. Existe alguma pagina na internet ou um modo de fazer ou enviar curriculuns?

    Obrigado
    Bruno

  91. Carla says:

    Ola,

    Gostaria de saber como devo proceder para trabalhar em uma embaixada ou consulado brasileiro em algum pais no exterior que fale ingles.

  92. Paulina Amaral says:

    Oi, gostaria de uma informação, sou estudante de Letras da Ufrgs, falo ingles e espanhol e também estudo russo, gostaria de saber como faço para trabalhar numa embaixada/consulado? estarei aguardando a resposta, muito obrigada

  93. ana says:

    Uma curiosidade!!
    para trabalhar na embaixada brasileira,seja em qualquer país,é preciso de fazer concurso aqui no brasil?
    ou são indicações!

  94. Delma says:

    O que é preciso fazer para ser funiconário de embaixadas brasileiras no exterior? Existe concurso?
    Grata
    Delma

    • frankherles says:

      Apesar de haver exceções a regra é que “para ser funcionário(a) de representações diplomaticas brasileira deve serqualificado(a) pelo Instituto Rio Branco (cargos de carreira), concursos diversos conforme necessidades das embaixadas e consulados (cargos menos qualificados, menos especializados ou mesmo temporários) ou contratações especiais sob responsabilidade de embaixadores ou consus altamente qualificados (cargos tecnicos e especialistas em idiomas raros ou incomuns, especialistas em comercio exterior ou militar graduado quando resultado de convênios e/ou acordos extratégicos com governos extrangeiros.

  95. Renata Groenwold Monteiro says:

    Olá,
    Gostaria de saber, meu namorado se forma esse ano em Direito, estamos iniciando um curso de inglês com duração de 18 meses, após o curso ele gostaria de fazer uma pós-graduação em Direito Internacional ai nos EUA, dessa forma teria como ele conseguir um emprego na embaixada brasileira ao mesmo tempo em que ele cursa a pós? Pois pretendemos morar aí, e ele tem muito enteresse em trabalhar na embaixada. Obrigada!

  96. camilla says:

    Olá,
    Vou me casar com um americano no mês de maio. E, queremos morar nos Estados Unidos. Sou formada em administração. Gostaria de saber a melhor forma de conseguir um cargo na embaixada brasileira nos estados unidos.
    Atenciosamente,
    Camilla

    • frankherles says:

      Camila
      Consulte diretamente o Itamaraty para exigências de cargos de carreira e mantenha-se informada sobre anuncions de consulados brasileiros nos Estados Unidos sobre ocasionais cargos temporários.

  97. Maria Fernanda says:

    Olá!Tenho 18 anos e termino o ensino médio no Brasil esse ano .Pretendo tentar um visto de estudante nos Estados Unidos. Gostaria de saber, se posso trabalhar (part-time) no consulado geral do Brasil em Nova York e estudar ao mesmo tempo,legalmente .Onde posso olhar para saber se têm vagas disponíveis nos consulados?
    Agradeço desde já,
    Maria Fernanda.

  98. carol says:

    oi…sou recem formada em comercio exterior, nao falo fluente nenhuma lingua, mas tenho cidadania italiana, a pergunta é: Como eu poderia estar trabalhando em um consulado italiano no rj, o cargo mínimo que seja ..de auxiliar, de assistente, de pagar contas qualquer coisa que seja.. o fato d ter cidadania italiana , ser recem formada poderia ter uma chance?? De que forma? enviando um curriculum, um email, há algum concurso??? grata

  99. hehe says:

    Meu amigo, o plural de “cidadão” é “cidadãos”.

  100. Thayara says:

    Ola,
    Sou brasileira, e moro na California ha alguns anos.
    Gostaria de prestar concurso publico para trabalhar em algum consulado ou banco do Brasil; mas nao tenho a minima ideia de onde possa encontrar este tipo de informacao com antecedencia aos concursos. Ja entrei no site do Itamaraty mas nao sei onde a parte de concursos com datas, etc se encontra. Ate mesmo no google, eu sei que deve existir algum site que contenha informacoes sobre as vagas e concursos publicos para os EUA. Se puder me ajudar, agradeco antecipadamente.
    Muito grata,
    Thay

  101. Immigration says:

    I was recommended this web site by my cousin. I’m not sure whether this post is written by him as nobody else know such detailed about my problem. You are wonderful! Thanks!

  102. I am very happy to read this. This is the kind of manual that needs to be given and not the accidental misinformation that’s at the other blogs. Appreciate your sharing this best doc.

  103. Magnificent goods from you, man. Embaixadas e Consulados Brasileiros no Mundo | World's Observatory I’ve understand your stuff previous to and you are just extremely great. I actually like what you have acquired here, certainly like what you’re stating and the way in which you say it. You make it enjoyable and you still care for to keep it wise. I can’t wait to read far more from you. This is really a tremendous Embaixadas e Consulados Brasileiros no Mundo | World's Observatory informations.

  104. Excellent goods from you, man. Embaixadas e Consulados Brasileiros no Mundo | World's Observatory I’ve understand your stuff previous to and you’re just too wonderful. I actually like what you have acquired here, certainly like what you are stating and the way in which you say it. You make it entertaining and you still take care of to keep it smart. I cant wait to read much more from you. This is really a tremendous Embaixadas e Consulados Brasileiros no Mundo | World's Observatory informations.

  105. Diane Morais says:

    Ola!
    Li que o Brasil ofere bolsas de estudos para brasileiros no exterior. Quero saber onde posso buscar informacoes sobre bolsas na Australia. Ja sou formada em Economia e quero buscar algo na area financeira. Obrigada pela atencao!

  106. José Carlos Fazion says:

    Tenho um amigo turco que veio ao Brasil para passeio e eu não mais tive notícias de
    Como posso ter acesso a entrada dele no Brasil
    Só tenho o nome dele completo
    Tem algum site de busca?

  107. Priscila Lima says:

    Ola, eu sou brasileira e moro em Londres. Sou graduada em Letras, portugues e ingles, falo ingles fluentemente. Li alguns dos comentarios anteriores e me alegrei ao ver que por ser formada em Letras tenho possibilidades de trabalhar no consulado ou na embaixada. Quero muito trabalhar no consulado brasileiro aqui de Londres. Quais sao os procedimentos que devo tomar? E’ possuir assumir algum cargo sem concurso publico?
    Agradeco desde ja,
    Priscila Lima.

    • frankherles says:

      Priscila
      Basicamente todos serviços das representações diplomaticas do Brasil no exterior são através de graduações no Instituto Rio Branco, concursos públicos do Itamaraty, nomeações da Pressidência da República ou Ministério do Exterior e apadrinhagem políticas de altos escalões – embora essa última opção seja sempre negada e oficializada por alguma medida administrativa legal. No entanto, extraordináriamente, dependendo da necessidade das representações diplomáticas e em ocasiões esporádicas, é possível a contratação de pessoas qualificadas para serviços Localizados e Especificos – geralmente Temporários (não de carreira).
      Aos brasileiros(as) que residem no exterior interessados em trabalhar em alguma de nossas representações diplomaticas sugerimos:
      a) Acompanhe as noticias oficiais da Embaixada/Consulado (website do próprio serviço diplomático e/ou jornais da comunidade brasileira) mais próximo de sua residência;
      b) Se possível, faça ou reforce amizade (de preferência de forma sincera) com alguém que já trabalha em algum Embaixada/Consulado. É uma forma de ser informado(a) em tempo hábil para possíveis novaas contratações.
      c) Não perca tempo fazendo consultas por telefone ou e-mail e, especialmente enviando currículos não solicitados para quem quer que seja.
      Boa sorte

  108. Maísa says:

    Olá!
    Tenho 18 anos e me mudarei para Londres, Inglaterra nos próximos meses. Gostaria muito de poder trabalhar no Consulado Brasileiro ou Português (tenho dupla cidadania) de lá. Como posso fazer? É necessário que eu preste concurso? E este concurso é realizado aqui no Brasil mesmo? Gostaria de alguma dica ou informação.

    Desde já agradeço. Obg!

    • frankherles says:

      Maisa,
      Obrigado pela participação.
      A questão que abordou já foi levantada por outros participantes. Favor ler respostas em comentários que postei. Se duvidas persistirem, favor refazer as questões.

  109. maria says:

    Oi, tive o visto J1 com regra de 2 anos, ja estou de volta a 6 meses e agora recebi uma proposta de trabalho nos EUA. Como faco para contornar essa regra e e poder mudar parar H1B ?
    Devo ir ao consulado de Brasilia ?

    • frankherles says:

      Maria
      Essa mudança de visto que deseja não é facil, mas é possivel dependendo de diversos fatores – fatores esses que são constantemente atualizados pelo governo norte-americano.
      O caminho mais facil para vc obter a mudança do tipo de visto é através de empresa norte-americana que lhe fez a proposta de trabalho – apesar das atuais restrições legais em vigor para a obtenção do H1B.
      Boa sorte e, como sugestão, certifique-se da seriedade da empresa que lhe fez a proposta de trabalho. Há muitos golpes e armações nesta área, especialmente envolvendo mulheres jovens…

  110. Luigi says:

    “frankherles”, bem bacana esse trabalho que você presta aqui.
    Também tenho uma dúvida. Sou brasileiro de nascimento e americano por naturalização. No começo do ano, fiz inscrição e provas para uma das vagas de FSOT, específicamente criadas para se trabalhar no Brasil, na Embaixada Americana ou num dos Consulados no país. Passei pelas etapas eliminatórias, porém, quando chegou ao quesito de clearance, fui reprovado. A justificativa foi simplesmente o fato do Brasil não me reconhecer como cidadão americano e consequentemente, não me conceder imunidade diplomática. A solução seria fazer um pedido para revocar a minha cidadania Brasileira. O que não pretendo fazer.
    Estou já no meio de um outro processo para uma vaga de FSOT, porém global. A minha dúvida é: já que o Brasil não me dá o direito de ter imunidade diplomática, isso significa que nunca poderei assumir um cargo de FSOT em território Brasileiro. Existe algum procedimento que me permitiria pedir uma autorização/excessão ao Governo Brasileiro e poder gozar da imunidade diplomática quando trabalhando para o Governo Americano em território Brasileiro. Obviamente, adoraria poder passar 2 anos como FSOT no meu país natal.
    O que você aconselha?
    Obrigado.

    • frankherles says:

      Luigi
      Consultamos um advogado brasileiro especializado em relações internacionais. “…o direito brasileiro reconheçe a dupla cidadania desde o governo FHC. No entanto, por essa mesma legislação, a cidadania mãe – que é a base da imunidade diplomatica internacional – é a do pais onde a pessoa nasçeu.” Por este despositivo legal o governo do Brasil não pode conceder imunidade deplomatica para pessoas cuja cidadania mãe é a brasileira.
      No entanto – isto não é uma sugestão, mas um mero escopo da juridicidade de sua questão – se voce renunciar legalmente sua cidadania brasileira o governo do Brasil, por força da legislação diplomatica internacional, lhe concederá imunidade diplomatica caso seja designado para trabalhar em alguma representação diplomatica americana no território brasileiro.
      Note A renuncia legal de cidadania, pelo direito internacional, é irrevogável…

  111. maria flor says:

    Olá,
    Meu marido é militar americano. e tem vontade de trabalhar em alguma embaixada americana no Brasil… mas ouvi dizer que o candidato à vaga não pode ter vínculos com o país que pretende prestar serviço, no caso, ele tem a esposa brasileira (eu).
    Gostaria de saber se essa informação procede e se há algum meio de reverter isso.
    Muito obrigada

  112. olà! quero denunciar o consulado brasileiro em milano,,pois o atendimento e pessimo,e eles so atendem com agendamento,ou seja como pode uma senhora de idade que nao sabe mexer no computador acessar a internete. e ja fui varias vezes la,e vejo as muitas pessoas indignadas etc..reclamando falando mas nao sabem o que fazer! eles colocam dificuldades em tudo e nao ajudam os brasileiros.temos que deixar nossos trabalhaos ,conflitos,casas filhos etc..e quando chega pra nos,,e sempre a mesma respostas volte outro dia.

  113. José Guilherme says:

    Boa tarde!

    À minha dúvida é o seguinte: cursando direito no Brasil, eu posso trabalhar com o consulado fora do país? se sim, como que é possível? através de concursos?

    Obrigado pela atenção
    abraço!

  114. Rafael Scotti says:

    Boa tarde

    Estou cursando Direito e tambem faço curso da lingua Alemã, tenho uma duvida que mesmo tendo lido nesse site anteriormente devido a data do post, podem ter havido mudanças, gostaria de saber se é possivel trabalhar no consulado brasileiro na Alemanha? quais os requisitos hoje em dia? e se ter o curso de direito é um diferencial, mesmo que nao trabalhe diretamente na area, é mais pelo objetivo de trabalhar na Alemanha

    Muito obrigado, pelo que li esse site é realmente esclarecedor.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s